RONDEL BUSCA – ESTHER LESSA


Há muito, amor,  busco teu cais
Como  alento  pra  minha  trist’alma
Já  não  suporto  tantos  ais
Preciso  te  ver,  pra  ter  calma...

Recebe-me   com   muitas   palmas
Não  me  deixes  sozinha  mais
Há  muito, amor,  busco  teu  cais
Como  alento  pra  minha  trist’alma

Ao  sol , no  mar...  te  amarei  demais
‘Stou   aqui !  Não   haverá  traumas
Sem   mim , não  ficarás  jamais
Como  ancoradouro, tu me acalmas
Há muito, amor, busco  teu  cais

Copyright © 2015 - Todos Direitos Reservados a Esther Lessa - Reprodução Proibida

Esther Lessa
Acesse a página da poetisa:

Um comentário:

  1. Parabéns, Esther, pelo seu reflexivo rondel! beijos ternos,

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu contato.

Beijos poéticos,
Marcela Re Ribeiro